Guerrilheiro Virtual

segunda-feira, 2 de setembro de 2013

O Minha Casa Melhor está realizando o sonho das pessoas de ter uma casa arrumada, afirma Dilma

Café com a presidenta 

A presidenta Dilma Rousseff falou, no Café com a Presidenta desta segunda-feira (2), sobre o programa Minha Casa Melhor, que, desde 12 de junho, quando foi lançado, já teve R$ 1 bilhão em crédito tomado por mais de 220 mil famílias. Segundo Dilma, essa marca é fantástica pois significa mais conforto para as famílias e também mais produção e investimento para indústria.
“Assim, todo mundo ganha com a Minha Casa Melhor. Imagina você uma coisa, Luciano. Se cada família do programa Minha Casa Minha Vida pode pedir esse crédito, quantos móveis e eletrodomésticos ainda não serão vendidos, não é mesmo? Serão vendidos muitos móveis e eletrodomésticos”, lembra Dilma.
Dilma também destacou a importância do Minha Casa, Minha Vida, “o maior programa habitacional que o Brasil já teve”, com 1,3 milhão de moradias entregues. Segundo a presidenta, o programa foi feito levando em conta que as famílias pobres jamais teriam condições de ter casa própria sem a ajuda do governo federal, porque a renda sempre é muito menor que o valor da casa.
“Fizemos o Minha Casa Minha Vida sabe por que as famílias mais pobres não teriam jamais condições de ter uma casa própria sem ajuda do governo federal. A renda da família era muito menor que o valor da casa. Então, o governo federal assumiu o compromisso de ajudar, porque é dever de um governo, e o nosso governo é assim, apoiar e ajudar o povo”, afirma.
Confira a íntegra

Nenhum comentário:

Postar um comentário

”Sendo este um espaço democrático, os comentários aqui postados são de total responsabilidade dos seus emitentes, não representando necessariamente a opinião de seus editores. Nós, nos reservamos o direito de, dentro das limitações de tempo, resumir ou deletar os comentários que tiverem conteúdo contrário às normas éticas deste blog. Não será tolerado Insulto, difamação ou ataques pessoais. Os editores não se responsabilizam pelo conteúdo dos comentários dos leitores, mas adverte que, textos ofensivos à quem quer que seja, ou que contenham agressão, discriminação, palavrões, ou que de alguma forma incitem a violência, ou transgridam leis e normas vigentes no Brasil, serão excluídos.”